Artigos divinos

artigos religiosos de qualidade: medalhas, terÇos, escapulÁrios, imagens e outras coisas lindas para vocÊ! Divino Espírito Santo feito em madeira, barro, cerâmica, porcelana. Trabalhamos com divinos artesanais, em vários materiais, cores e tamanhos, para você e para presentear. Seja o primeiro recebendo as novidades e nos deixe lhe enviar um e-mail quando Divinos Livraria, Artigos Religiosos e Presentes posta notícias e promoções. Seu endereço de e-mail não será usado com qualquer outro objetivo, e pode cancelar a inscrição em qualquer momento. Se inscrever. 3 24. Santificar o cohen mãos e pés antes do Serviço Sagrado - 'Lavarão Aharon e seus filhos…' - Ex 30:19. 25. Preparar velas no Templo - 'Prepará-lo-ão Aharon e seus filhos…' OS 72 NOMES DIVINOS DE UM DEUS VIVENTE E REVELADOR. Estes nomes sagrados, deverão ser usados para iniciar um forte elo de ligação direta com o Pai Divino; como para o avanço da Alma, na abertura dos véus e Portões Celestiais, através da invocação ao Pai e as suas Hostes Angelicais. WWW.IHJTKENT.ORG.BR Página 5 Deus é verdade, o que significa que Ele está de acordo com tudo o que Ele é, e Ele irá permanecer incorruptível e não pode mentir (Salmos 117:2; 1 Samuel 15:29); Deus é santo, o que significa que Ele está separado de toda poluição moral e a ela é hostil - Deus vê tudo o que é mal e o mal O deixa enfurecido. Gladys Artigos Religiosos Católicos Vendas no Atacado e Varejo: EM NOVO ENDEREÇO: Ladeira Porto Geral 103, quarto andar, Centro de São Paulo SP (Esquina com a Rua 25 de Março). Horário: Seg-Sex 09-17h, Sáb 08-13h. Telefone: (11) 3312-0325 E-mail: [email protected] Razão Social: Gladys Comércio de Artigos Religiosos Ltda EPP Inscrição Estadual: 116.453.552.110 CNPJ ... A Divinos Livraria, Artigos Religiosos e Presentes tem o prazer de levar até você produtos que evangelizam e levam Deus aos corações! Seja bem-vindo!!! Divinos Livraria e Artigos Religiosos's cover photo . O ano ainda não acabou mas o Almanaque de Santo Antônio 2017 já chegou!!!! 2 visitors have checked in at Divinos Livraria Artigos Religiosos. Divino Espirito Santo em madeira - 43 x 43 cm Raios Duplos - Detalhes Dourados. Marrom com Dourado / Madeira com raios duplos

Cavalo Quarto de Milha: 8 motivos para você amar ainda mais

2020.09.25 16:44 Vedovati_Pisos Cavalo Quarto de Milha: 8 motivos para você amar ainda mais

O cavalo quarto de milha é uma raça de cavalo que se destaca por sua rapidez em correr distâncias curtas. O nome “quarto de milha” veio da sua capacidade de se distanciar de outras raças de cavalos em corridas de um quarto de milha ou até menos.
O Quarto de Milha é a raça mais popular na América do Norte com o maior número de animais já registrados. A AQHA (Associação Americana de Quarto de Milha) afirma que há mais de 5 milhões de cavalos registrados em todo o mundo. O nome veio da sua capacidade de se distanciar de outras raças de cavalos em corridas de um quarto de milha ou até menos.
Características sobre o cavalo quarto de milha:
• Nome em inglês: Quarter Horse
• Origem: Séculos XVIII – XIX – Estados Unidos
• Temperamento: dócil, rústico e muito inteligente
• Inseminação Artificial: Normalmente só a quente, não há um limite de éguas – mediante autorização do Conselho Deliberativo da Associação, que também permite transferência de embrião
• Andamento: harmonioso, em linha reta, natural e baixo. O pé é levantado levemente e recolocado de uma só vez no solo, caracterizando-se no trote de campo;
• Peso: macho e fêmea pesam geralmente 500 kg ;
• Altura: Geralmente 1,50m;
• Porte: De médio a grande.
• Quantos anos vive um cavalo quarto de milha: entre 25 á 30 anos;
• Preço: em média R$ 3 mil à R$ 20 mil
• Velocidade máxima: até 88,5 km /h.
A raça é uma das mais queridas no Brasil e nós selecionamos alguns motivos para isso. Confira abaixo:
1- Cavalo mais veloz do mundo
O Quarto de Milha é considerado o cavalo mais rápido do mundo. O recorde atual marca 20 segundos em uma distância de um quarto de milha, ou seja, 400 metros. Alguns cavalos dessa raça conseguem atingir a velocidade de 88,5 km /h.
A corrida de Quarto de Milha é tradição desde o surgimento da raça, mas somente em 1943 ficou mais organizada. A primeira pista foi construída no mesmo ano em Rillito Park, Tucson.
2- Cavalo dos esportes do mundo country
Os cavalos Quarto de Milha possuem grande capacidade de mudar de direção, com partidas rápidas e paradas bruscas. O corpo compacto é adequado ao controle, ou seja, o criador que está montado consegue “administrá-lo” com muita facilidade em relação a outras raças.
O Quarto de Milha se destaca principalmente em provas Western, como o team penning, três tambores, balizas, mas também em hipismo, corridas planas e prova de rédeas. Já no nordeste do país, o Quarto de Milha é o melhor em vaquejada. Animais versáteis e rápidos, eles ajudam a laçar um boi entre 4 a 6 segundos e “fechar” de 3 a 4 bois no team penning em treze segundos.
3- Animal dócil e inteligente
Os cavalos Quarto de Milha são reconhecidos pela facilidade de domar, docilidade e inteligência. Os criadores saíram na frente ao popularizar a raça, facilitando a venda de animais aos proprietários individuais, os chamados usuários do cavalo, gente que adquire um ou dois animais para uso próprio no sítio aos fins de semana ou para que seus filhos pratiquem provas hípicas como baliza, tambor, salto, laço e apartação. Os cavalos quarto de milha são disciplinados e são mais fáceis de serem colocados em um trailer ou em um reboque para cavalos.
4- Cavalo premiado
A força do Quarto de Milha de corrida vem da premiação disponível aos craques. São milhares de cavalos que correm todos os anos em busca de prêmios espetaculares. No Brasil, os mais polpudos são do Jockey Club de Sorocaba, mas os milionários são pouquíssimos.
71 dos melhores cavalos do mundo ganharam mais de US$ 1.000.000 em corridas. Confira a relação dos milionários:
LLANO TELLER, filho de Teller Cartel, por Corona Cartel
RYLLES BOY, filho de Heza Motor Scooter
FEATURE HERO, filho de Valiant Hero
WICKED COURAGE, filho de Captain Courage
LAST TO FIRE, filho de Walk Thru Fire.
As vaquejadas também têm premiações milionárias que movimentam cerca de R$ 14 milhões por ano.
5- Cobertura valorizada
No Brasil, o mercado de coberturas de garanhões tem uma variação de R$ 3 mil a R$ 20 mil entre os cavalos criados no país. O que determina o preço da cobertura é o valor dos potros que são vendidos. Se um garanhão faz um potro e ele é vendido caro, valoriza a cobertura do garanhão.
Alguns cavalos têm uma valorização muito grande com o passar do tempo; um exemplo clássico é o Baloubet du Rouet, montado por Rodrigo Pessoa. O famoso cavalo campeão olímpico em Atenas parou de competir, porém continua a ser um valioso reprodutor. Cada ampola de seu sêmen é vendida por cerca de mil euros (R$ 3.600). Quando Baloubet competia e tinha menos tempo para reproduzir, estimava-se um lucro de US$ 2,5 milhões por ano (em torno de R$ 5 milhões).
6- Bom investimento
Quase um milhão de reais foi o que custou a égua Quarto de Milha mais cara já comercializada no Brasil. MS Perky Bug foi vendida por R$ 930 mil durante leilão do Haras Raphaela, em Porto Feliz-SP, cidade do interior paulista localizada a cerca de 130 km da capital.
A égua de nove anos foi valorizada por ser recordista mundial em uma prova de três tambores, em que o competidor contorna os obstáculos no menor tempo possível. Além disso, MS Perky Bug venceu outra categoria denominada tira-teima.
Se 70% do mercado do Quarto de Milha é abocanhado por esportes e provas, um fenômeno recente incrementa a comercialização. Com a expansão da pecuária de corte, os cavalos da raça são requisitados para tocar a boiada nos pastos de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.
7- Museu dedicado à raça
O American Quarter Horse Heritage Center & Museum é dedicado ao Quarto de Milha. Localizado em Amarillo, Texas, todos os anos recebe de 20 a 30 mil visitantes que querem conhecer um pouco mais sobre a história da principal raça de cavalos do país. O museu foi fundado em 2001 pela Associação Americana de Cavalo Quarto de Milha e hoje é um dos maiores registros de equinos do mundo. Na parede há a foto de Mr. San Peppy e seu filho Litle Peppy. Os dois garanhões foram os percussores das linhagens no país. Ambos são lembrados até hoje como símbolo do cavalo Quarto de Milha norte-americano.
8- Mais de 400 anos de história
A raça Quarto de Milha foi a primeira a ser desenvolvida na América. Ela surgiu nos Estados Unidos por volta do ano de 1600. Os primeiros animais que a originaram foram trazidos da Arábia e Turquia à América do Norte pelos exploradores e comerciantes espanhóis. Os garanhões escolhidos eram cruzados com éguas que vieram da Inglaterra, em 1611. O cruzamento produziu cavalos compactos, com músculos fortes, podendo correr distâncias curtas mais rapidamente do que nenhuma outra raça.
No Brasil, tudo começou em 1955, quando a Swift-King Ranch (SKR) importou seis animais dos Estados Unidos, vindos de sua matriz norte-americana, a famosa King Ranch, no Texas, a maior fazenda dos EUA. À medida que vários pecuaristas, banqueiros e homens de negócios tiveram a oportunidade de conhecer os animais Quarto de Milha, começaram a pressionar a SKR para que lhes vendessem alguns exemplares. A companhia atendeu a poucos criadores, vendendo um número reduzido de potros. Em 15 de agosto de 1969, foi fundada a Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM), no Parque da Água Branca, em São Paulo, onde se encontra atualmente.
Se você é um criador de quarto de milha, ou tem apenas alguns cavalos ou ainda vai começar
Sabemos que uma das preocupações de criadores e proprietários de cavalos quarto de milha é escolher a cama adequada (serragem, maravalha, areia, casca de arroz ou borracha). Além de pensar no conforto para o cavalo e na higiene, tem que levar em conta a manutenção das baias/cocheiras.
Para muitos apaixonados por cavalos esse problema faz parte do passado, pois o sistema tradicional foi substituído pela cama de borracha os conhecidos EBVs – Estrado de Borracha Vedovati.
Considerada uma inovação por muitos criadores de cavalos, essa tecnologia foi introduzida o Brasil pela Vedovati em 1.997, após rigorosos testes na Universidade do Oeste Paulista, por meio da Faculdade de Medicina Veterinária. O diretor do curso de medicina veterinária na época o médico veterinário Luís Carlos Vianna após sete anos usando o estrado de borracha Vedovati nas baias aprovou totalmente o uso da cama de borracha Vedovati, na época destacou os benefícios mas o piso de borracha como cama nas baias disse “podemos atestar que a cama de borracha é confortável aos cavalos, uma vez que eles se deitam normalmente, facilita a limpeza e eliminam a serragem das baias. O estrado de borracha é antiderrapante e eficaz para prevenção de acidentes, declarou ainda “os estrados após sete anos de uso estão em perfeitas condições, demonstrando realmente se tratar de um produto resistente e durável”.
O criador de cavalos quarto de milha José Divino Noves, mais conhecido com Rio Negro da dupla Rio Negro e Solimões de Franca usa a cama de borracha em suas baias desde 2006. Como mineiro desconfiado, inicialmente ele comprou para duas baias para testar e após comprovar a sua eficácia comprou para todas as baias. Ele diz que com o estrado de borracha os cavalos da raça quarto de milha ficam com os cascos mais saudáveis e não correm o risco de adquirirem doenças respiratórias pois a cama de serragem/maravalha contém poeiras. Ele diz que a cama de borracha não têm nenhuma destas contra indicações. Os estrados de borracha garantem uma manutenção rápida, segura e eficiente, além da facilidade de não precisar sair correndo atrás das ultrapassadas camas de serragem. “Faz bem para o animal e para o nosso bolso. O trem é bom demais gente!”, fala o mineiro que nasceu em Claraval, MG

https://www.vedovatipisos.com.bnoticias-artigos/8-motivos-para-amar-ainda-mais-o-cavalo-quarto-de-milha/
submitted by Vedovati_Pisos to u/Vedovati_Pisos [link] [comments]


2020.07.08 19:01 YatoToshiro Fate/Gensokyo #9 Gilgamesh (Archer)


Fate/Grand Order, Fate/stay night, Fate/stay night: Unlimited Blade Works, Fate/Zero

O Nome Verdadeiro de Archer é Gilgamesh, o grande rei meio-deus e meio humano nascido da união entre o rei de Uruk, Lugalbanda e a deusa Rimat-Ninsun. Ele governou a cidade-estado sumério de Uruk, a capital da antiga Mesopotâmia no B.C. era. Ele era um ser supremo e transcendente, tão divino a ponto de ser dois terços dos deuses e um terço dos humanos, e nenhum outro no mundo poderia igualá-lo. Ele era um déspota que possuía alta divindade que acreditava que era invencível. Ele não é meramente uma lenda, e diz-se que ele realmente existiu e governou durante a dinastia Suméria cinco mil anos atrás. Ele era o rei dos heróis que possuía todas as coisas do mundo, cuja história é registrada no poema épico mais antigo da humanidade, o épico de Gilgamesh, que retrata Gilgamesh como um herói, destinado a ser rei e alcançar grandes feitos, que é levado a cumprir seu destino, enfrentando desafios junto com seu melhor amigo Enkidu.
Seu título, Rei dos Heróis, não pretende chamá-lo de rei, mas sim implica que ele é o rei de todos os heróis. Ele é o herói mais antigo da humanidade, a origem de todos os mitos e modelos nos quais os heróis se baseiam, então sua história é copiada dentro das mitologias de todos os países do mundo. Os heróis de vários mitos são derivados de sua lenda, então seu Portal da Babilônia possui todos os seus Nobres Fantasmas. Embora existam numerosos reis com títulos como o rei dos cavaleiros ou o rei dos conquistadores, ele é o único em todo o céu e a terra coroado com o título de "rei de todos os heróis".
Fate/Zero As roupas que ele veste durante a Quarta Guerra do Santo Graal são um elegante decote em v branco com mangas de três quartos e calças com estampa de python.
Fate/Hollow Ataraxia Ao retornar à sua forma adulta em Hollow Ataraxia, ele ostenta o que chama de "traje oficial", "um artigo extremamente raro, reservado para poucos selecionados". O primeiro pensamento de Shirou ao vê-lo é chamá-lo de "pervertido de ouro" e, embora Gilgamesh não encontre nada de errado com isso, Shirou concorda que não pode haver nada de errado com os pequenos detalhes, porque todo o equipamento está errado desde o início. Quebrando a quarta parede, Gilgamesh a descreve como algo "verdadeiramente embaraçoso, portanto proibido" e removido do Destino / pernoite até ser usado na ataraxia oca. Por ser um "item único", ele diz que tem a "desvantagem de permitir apenas uma pose".
Forma infantil (Fate/Hollow Ataraxia/Fate/Grand Order) Child-Gil É a forma jovem que Gilgamesh assume ao beber a poção da juventude do Portão da Babilônia. Ele é um Servo da classe Arqueiro, capaz de ser convocado pelos conflitos entre Protagonista em Fate/Grand Order.
Depois de beber sua poção da juventude, ele assume a forma de uma criança que é chamada de Child-Gil. Ele tem os mesmos olhos vermelho-sangue e cabelos dourados que o fazem se destacar dos outros. Shirou é incapaz de identificá-lo de vista, e ele acha difícil acreditar que eles são a mesma pessoa, mesmo depois de serem informados.
Fate/Strange Fake O Arqueiro Falso É o Servo "Arqueiro Falso" da classe Tiné Chelc, nas Guerras Verdadeiras e Falsas.
Archer é convocado por um mago que deseja restaurar a honra de sua família, mas ele é morto por outro mago, Tiné Chelc, momentos após a convocação estar completa e se tornar sua Serva. Depois que ela se apresentou, Tiné levou Archer para conhecer as muitas pessoas que desejam servir seu rei. Archer declarou a Tiné que ele inicialmente não estava interessado em participar da Guerra, e esperaria vagarosamente até que um oponente digno aparecesse, onde ele retirou a Poção da juventude com a intenção de beber. No entanto, como Archer descobre que seu melhor amigo, Enkidu, também foi convocado, ele mudou de idéia. Depois de declarar a Tiné que ela deveria se alegrar em como ela testemunhará seu rei lutar com todas as suas forças, ele então dará a Tiné a poção da juventude, onde ele declara que não precisará mais dela.
Fate/Extra CCC Gilgamesh É um Servo não classificado disponível para ser escolhido por Hakuno Kishinami em Fate/Extra CCC. Ao atravessar o Lado Próximo em Fate/Extella, ele obtém a mesma classificação da classe Archer que seu colega que aparece em Fate/stay night.
Outras Aparições: Carnival Phantasm Fate/Ace Royal Fate/Grand Order Fate/hollow ataraxia Fate/strange fake Fate/tiger colosseum / Upper Fate/unlimited codes Fate/Prototype
Fate/kaleid liner PRISMA☆ILLYA (2wei! e 3rei!!)
submitted by YatoToshiro to Fate_GensokyoBR [link] [comments]


2020.06.13 04:52 OwnPlant The following 741 individuals all actively and knowingly conspire in well-planned efforts and constructions to consolidate power and resources. Round-op Alpha

The following 741 individuals all actively and knowingly conspire in well-planned efforts and constructions to consolidate power and resources. Round-op Alpha
WORLD POLICE
  1. Chan, Margaret /CHINA/ PDF
  2. Halton, Jane /AUSTRALIA/PDF
  3. Grimes, David /CANADA/ PDF
  4. Moura, Antonio Divino /BRAZIL/ PDF
  5. Ostojski, Mieczyslaw S. /POLAND/ PDF
  6. Mokssit, Abdalah /MOROCCO/ PDF
  7. Zerbo, Lassina /BURKINA FASO/ PDF
  8. Dubourg, Thierry /FRANCE/ PDF
  9. Li, Genxin /CHINA/ PDF
  10. Bell, W. Randy /USA/ PDF
  11. Maryssael, Vorian /MEXICO/ PDF
  12. Rozhkov, Oleg /RUSSIA/ PDF
  13. Ozawa, Toshiro /JAPAN/ PDF
  14. Azeez, Aliyar Lebbe Abdul /SRI LANKA/ PDF
  15. Haak, Hein [1, 2] /THE NETHERLANDS/ PDF
  16. Weston, Michael [1, 2] /UK/ PDF
  17. Amano, Yukiya /JAPAN/ PDF
  18. Dunn Lee, Janice /USA/ PDF
  19. Mohamad, Daud /MALAYSIA/ PDF
  20. Aning, Kwaku /GHANA – USA/ PDF
  21. Varjoranta, Tero /FINLAND/ PDF
  22. Bychkov, Alexander /RUSSIA/ PDF
  23. Flory, Denis /FRANCE/ PDF
  24. Horin, Olexandr [1, 2] /UKRAINE/ PDF
  25. Azevêdo, Roberto /BRAZIL/ PDF
  26. Agah, Yonov Frederick [1, 2] /NIGERIA/ PDF
  27. Brauner, Karl [1, 2] /GERMANY/ PDF
  28. Shark, David [1, 2] /USA/ PDF
  29. Xiaozhun, Yi [1, 2] /CHINA/ PDF
  30. Gore, Al /USA/ PDF
  31. Buffett, Warren [2] /USA/ PDF
WORLD BANK GROUP
  1. Kim, Jim Yong [1, 2] /USA – SOUTH KOREA/ PDF
  2. Indrawati, Sri Mulyani /INDONESIA – USA/ PDF
  3. Badré, Bertrand /FRANCE/ PDF
  4. Mohieldin, Mahmoud /EGYPT/ PDF
  5. Basu, Kaushik [1, 2] /INDIA/ PDF
  6. Leroy, Anne-Marie /FRANCE/ PDF
  7. Kyte, Rachel /USA/ PDF
  8. De Villeroche, Hervé /FRANCE/ PDF
  9. Hines, Gwen /UK/ PDF
  10. Hoven, Ingrid G. /GERMANY/ PDF
  11. Aviel, Sara Margalit [1, 2] /USA/ PDF
  12. Suzuki, Hideaki /JAPAN/ PDF
  13. Chen, Shixin /CHINA/ PDF
BILDERBERG
  1. Rothensteiner, Walter /AUSTRIA/ PDF
  2. Treichl, Andreas /AUSTRIA/ PDF
  3. Sigurgestsson, Hörður /ICELAND/ PDF
  4. Lundestad, Geir /NORWAY/ PDF
  5. de Oliveira, Manuel Ferreira /PORTUGAL/ PDF
  6. Salgado, Ricardo /PORTUGAL/ PDF
  7. Silva, Artur Santos /PORTUGAL/ PDF
  8. Mazzie, Mark G. /USA/ PDF
  9. McKinnon, Neil /CANADA/ (status unknown) PDF
  10. Sikora, Sławomir /POLAND/ PDF
  11. Bon, Michel /FRANCE/ PDF
  12. Lévy-Lang, André /FRANCE/ PDF
  13. Schrempp, Jürgen Erich /GERMANY/ PDF
  14. Szwajcowski, Jacek /POLAND/ PDF
  15. Barnevik, Percy Nils /SWEDEN/ PDF
  16. Stråberg, Hans /SWEDEN/ PDF
  17. Uǧur, Agah [2] /TURKEY/ PDF
  18. Browne, Edmund John Philip /UK/ PDF
  19. Gerstner, Louis Vincent /USA/ PDF
  20. Bergsten, C. Fred /FRANCE/ PDF
  21. Pipes, Richard Edgar [2] /USA/ PDF
  22. Black, Conrad Moffat /CANADA/ PDF
  23. Frum, David J. /CANADA/ PDF
  24. Beytout, Nicolas /FRANCE/ PDF
  25. Rossella, Carlo /ITALY/ PDF
  26. Ringier, Michael /SWITZERLAND/ PDF
  27. Kohen, Sami [2] /TURKEY/ PDF
  28. Hutton, William Nicolas /UK/ PDF
  29. Knight, Andrew Stephen Bower /UK/ PDF
  30. Stephanopoulos, George Robert /USA/ PDF
  31. Scheel, Walter /GERMANY/ PDF
  32. Eliot, Theodore L. /USA/ PDF
  33. Yost, Casimir A. /USA/ PDF
  34. Allaire, Paul Arthur /USA/ PDF
  35. Rockefeller, Sharon Percy /USA/ PDF
BILDERBERG [2010, 2011, 2012, 2013]
  1. Davignon, Etienne /BELGIUM/ Vice Chairman, Suez-Tractebel PDF
  2. Achleitner, Paul M. /GERMANY/ Chairman of the Supervisory Board, Deutsche Bank AG PDF
  3. Ackermann, Josef /GERMANY/ Chairman of the Management Board and the Group Executive Committee, Deutsche Bank AG PDF
  4. Agius, Marcus /UK/ Former Chairman, Barclays Bank PLC PDF
  5. Ajami, Fouad /USA/ Senior Fellow, The Hoover Institution, Stanford University PDF
  6. Alexander, Helen /UK/ Chairman, UBM plc PDF
  7. Alexander, Keith B. /USA/ Commander, USCYBERCOM; Director, National Security Agency PDF
  8. Alierta, César /SPAIN/ Chairman and CEO, Telefónica PDF
  9. Almunia, Joaquín /SPAIN/ Commissioner, European Commission PDF
  10. Altman, Roger C. /USA/ Chairman, Evercore Partners Inc. PDF
  11. Amado, Luís /PORTUGAL/ Chairman, Banco Internacional do Funchal (BANIF) PDF
  12. Andresen, Johan H. /NORWAY/ Owner and CEO, FERD PDF
  13. Apunen, Matti /FINLAND/ Director, Finnish Business and Policy Forum EVA PDF
  14. Arrison, Sonia /USA/ Author and policy analyst PDF
  15. Athey, Susan /USA/ Professor of Economics, Stanford Graduate School of Business PDF
  16. Aydıntaşbaş, Aslı /TURKEY/ Columnist, Milliyet Newspaper PDF
  17. Babacan, Ali /TURKEY/ Deputy Prime Minister for Economic and Financial Affairs PDF
  18. Bäckström, Urban /SWEDEN/ Director General, Confederation of Swedish Enterprise PDF
  19. Balls, Edward M. /UK/ Shadow Chancellor of the Exchequer PDF
  20. Balsemão, Francisco Pinto /PORTUGAL/ Chairman and CEO, IMPRESA, S.G.P.S.; Former Prime Minister PDF
  21. Barré, Nicolas /FRANCE/ Managing Editor, Les Echos PDF
  22. Barroso, José M. Durão /PORTUGAL/ President, European Commission PDF
  23. Baverez, Nicolas /FRANCE/ Partner, Gibson, Dunn & Crutcher LLP PDF
  24. Bavinchove, Olivier de /FRANCE/ Commander, Eurocorps PDF
  25. Bazire, Nicolas /FRANCE/ Managing Director, Groupe Arnault /LVMH PDF
  26. Béchu, Christophe /FRANCE/ Senator, and Chairman, General Council of Maine-et-Loire PDF
  27. Bell, John /UK/ Regius Professor of Medicine, University of Oxford PDF
  28. Berberoğlu, Enis /TURKEY/ Editor-in-Chief, Hürriyet Newspaper PDF
  29. Bernabè, Franco /ITALY/ CEO, Telecom Italia S.p.A. PDF
  30. Bezos, Jeff /USA/ Founder and CEO, Amazon.com PDF
  31. Bildt, Carl /SWEDEN/ Minister of Foreign Affairs PDF
  32. Björling, Ewa /SWEDEN/ Minister for Trade PDF
  33. Blåfield, Antti /FINLAND/ Senior Editorial Writer, Helsingin Sanomat PDF
  34. Boles, Nick /UK/ Member of Parliament PDF
  35. Bolland, Marc J. /THE NETHERLANDS/ Chief Executive, Marks and Spencer Group plc PDF
  36. Bonnier, Jonas /SWEDEN/ President and CEO, Bonnier AB PDF
  37. Borg, Anders /SWEDEN/ Minister for Finance PDF
  38. Botín, Ana P. /SPAIN/ Executive Chairman, Banesto PDF
  39. Boxmeer, Jean François van /THE NETHERLANDS/ Chairman of the Executive Board and CEO, Heineken N.V. PDF
  40. Christiansen, Jeppe /DENMARK/ CEO, Maj Invest PDF
  41. Chubais, Anatoly B. /RUSSIA/ CEO, OJSC RUSNANO PDF
  42. Ciliv, Süreyya /TURKEY/ CEO, Turkcell Iletisim Hizmetleri A.S. PDF
  43. Cisneros, Gustavo A. /SPAIN/ Chairman and CEO, Cisneros Group of Companies PDF
  44. Clark, W. Edmund /CANADA/ President and CEO, TD Bank Financial Group PDF
  45. Clarke, Kenneth /UK/ Member of Parliament, Lord Chancellor and Secretary of Justice PDF
  46. Coene, Luc /BELGIUM/ Governor, National Bank of Belgium PDF
  47. Collins, Timothy C. /USA/ Senior Managing Director and CEO, Ripplewood Holdings, LLC PDF
  48. Conti, Fulvio /ITALY/ CEO and General Manager, Enel SpA PDF
  49. Corydon, Bjarne /DENMARK/ Minister of Finance PDF
  50. Cospedal, María Dolores de /SPAIN/Secretary General, Partido Popular PDF
  51. Cowper-Coles, Sherard /UK/ Business Development Director, International, BAE Systems plc PDF
  52. Cucchiani, Enrico Tommaso /ITALY/ CEO, Intesa Sanpaolo SpA PDF
  53. Daele, Frans van /BELGIUM/ Chief of Staff to the President of the European Council PDF
  54. Daniels, Jr., Mitchell E. /USA/ Governor of Indiana PDF
  55. David, George A. /GREECE/ Chairman, Coca-Cola H.B.C. S.A. PDF
  56. Davis, Ian /UK/ Chairman, Rolls-Royce plc PDF
  57. DeMuth, Christopher /USA/ Distinguished Fellow, Hudson Institute PDF
  58. Dijkgraaf, Robbert H. /THE NETHERLANDS/ Director and Leon Levy Professor, Institute for Advanced Study PDF
  59. Dinçer, Haluk /TURKEY/ President, Retail and Insurance Group, Sabancı Holding A.S. PDF
  60. Donilon, Thomas E. /USA/ National Security Advisor, The White House PDF
  61. Dudley, Robert /UK/ Group Chief Executive, BP plc PDF
  62. Eberstadt, Nicholas N. /USA/ Henry Wendt Chair in Political Economy, American Enterprise Institute PDF
  63. Eide, Espen Barth /NORWAY/ Minister of Foreign Affairs PDF
  64. Ekholm, Börje /SWEDEN/ President and CEO, Investor AB PDF
  65. Eldrup, Anders /DENMARK/ CEO, DONG Energy PDF
  66. Elkann, John /ITALY/ Chairman, Fiat S.p.A. PDF
  67. Enders, Thomas /GERMANY/ CEO, Airbus SAS PDF
  68. Entrecanales, José Manuel /SPAIN/ Chairman, Acciona PDF
  69. Evans, J. Michael /USA/ Vice Chairman, Global Head of Growth Markets, Goldman Sachs & Co. PDF
  70. Faymann, Werner /AUSTRIA/ Federal Chancellor PDF
  71. Federspiel, Ulrik /DENMARK/ Vice President Global Affairs, Haldor Topsøe A/S PDF
  72. Feldstein, Martin S. /USA/ George F. Baker Professor of Economics, Harvard University PDF
  73. Ferguson, Niall /USA/ Laurence A. Tisch Professor of History, Harvard University PDF
  74. Ferreira Alves, Clara /PORTUGAL/ CEO, Claref LDA; writer [1, 2, 3] PDF
  75. Fillon, François /FRANCE/ Former Prime Minister PDF
  76. Fischer, Heinz /AUSTRIA/ Federal President PDF
  77. Fishman, Mark C. /USA/ President, Novartis Institutes for BioMedical Research PDF
  78. Flint, Douglas J. /UK/ Group Chairman, HSBC Holdings plc PDF
  79. Fu, Ying /CHINA/ Vice Minister of Foreign Affairs PDF
  80. Gallagher, Paul /IRELAND/ Attorney General PDF
  81. Gates, William H. /USA/ Co-chair, Bill & Melinda Gates Foundation and Chairman, Microsoft Corporation PDF
  82. Gephardt, Richard A. /USA/ President and CEO, Gephardt Group PDF
  83. Gfoeller, Michael /USA/ Political Consultant PDF
  84. Giannitsis, Anastasios /GREECE/ Former Minister of Interior; Professor of Development and International Economics, University of Athens PDF
  85. Goolsbee, Austan D. /USA/ Professor of Economics, University of Chicago Booth School of Business PDF
submitted by OwnPlant to conspiracy [link] [comments]


2020.01.26 16:14 Carrasco_Santo As 10 estratégias de manipulação midiática da esquerda

Baseado no artigo original do qual foi dada autoria a Noam Chomsky (ele não foi o criador destas estratégias, supostamente foi encontrada “por acaso” em algum canto e divulgada).
https://jornalggn.com.bmidia/chomsky-e-as-10-estrategias-de-manipulacao-midiatica/
1 - A estratégia da distração.
O elemento primordial do controle social pela esquerda é a estratégia da distração, que consiste em desviar a atenção do público dos problemas realmente importantes e das mudanças decididas pelos intelectuais socialistas, mediante a técnica do dilúvio ou inundação de contínuas distrações ou de informações insignificantes. Por exemplo: inunde o público com notícias ou informações de todo tipo como aborto, direitos LGBT, pseudo-discriminações, imperialismo americano, etc, enquanto os intelectuais de esquerda trabalham nos bastidores para implantar, cada vez mais, os ideais socialistas na sociedade.
2 - Criar problemas e depois oferecer soluções.
Esse método também é denominado “problema-reação-solução”. Cria-se um problema, uma “situação” prevista para causar certa reação no público e trabalhe sua mente para aceitar, que é inevitável, aquela situação, normalizando aquelas condutas. Por exemplo: obtenha apoio de grupos criminosos como facções criminosas, deixe que se desenvolvam ou intensifiquem a violência urbana, condene toda a sociedade a culpando por tamanha violência, com a sociedade no banco dos réus normalize o crime e descriminalize os tipos penais.
3 - A estratégia da gradualidade.
Para fazer com que uma medida inaceitável passe a ser aceita basta aplicá-la gradualmente, a conta-gotas, por anos consecutivos. Por exemplo: convença a sociedade de que é errado ser rico aos poucos, começando por criticar todos os comportamentos e todas as opiniões destas pessoas, chegando até o ponto de associar a riqueza a um pecado incontornável digno de sentença de morte, por ter construído sua riqueza as custas do suor do trabalhador, neste ponto a sociedade aceitará qualquer coisa para se retirar dos mais ricos sua riqueza por uma questão de justiça social.
4 - A estratégia de diferir.
Outra maneira de forçar a aceitação de uma decisão impopular é a de apresentá-la como “dolorosa e desnecessária”, obtendo a aceitação pública, no momento, para uma aplicação futura. É mais fácil aceitar um sacrifício futuro do que um sacrifício imediato. Por exemplo: dizer a massa que as reformas governamentais propostas por dirigentes comunistas não são as ideias no momento, mas no futuro conseguirão aprovar reformas melhores.
5 - Dirigir-se ao público como se fossem incapazes.
A maior parte da publicidade dirigida ao grande público utiliza discursos, argumentos, personagens e entonação particularmente infantis, muitas vezes próximos à debilidade mental, como se o espectador fosse uma pessoa menor de idade ou portador de distúrbios mentais. Exemplo: manipule a massa de manobra se colocando como arautos da justiça social, como “pai dos pobres”, e que somente estas pessoas, que supostamente a representam, tem capacidade natural para levar seus desejos adiante.
6 - Utilizar o aspecto emocional mais do que a reflexão.
Faça uso do aspecto emocional, pois é uma técnica clássica para causar um curto circuito na análise racional e, finalmente, ao sentido crítico dos indivíduos. Por exemplo: convoque manifestações da massa de manobra alegando que um determinado indivíduo da esquerda está sendo processado na justiça injustamente e que é uma perseguição política.
7 - Manter o público na ignorância e na mediocridade.
Fazer com que o público seja incapaz de compreender os problemas, contradições e os métodos utilizados para seu controle e sua escravidão. Por exemplo: grave na massa de manobra todos os mantras a respeito da sua condição de maneira automática como o ódio ao sistema capitalista começando pela própria educação estatal, quanto mais cedo for feito isto, mais difícil para a pessoa ter noção que foi manipulada. Mantenha longe da massa de manobra (e da massa comum) todos os problemas que o comunismo já causou no mundo e suas atrocidades em nome dele.
8 - Estimular o público a ser complacente com a mediocridade.
Levar o público a crer que é moda o fato de ser estúpido, vulgar e inculto. Que coisas como artes, música, filosofia, etc, é coisa de burguês imbecil – só é válido aquilo que os comunistas apresentarem como artes, música, filosofia, etc, ou culto a personalidades incultas indicadas por eles. Por exemplo: fazer as pessoas acreditarem que é algo nobre ser analfabeto e que ter um Presidente da República com quase nenhum nível de escolaridade é algo divino. Ou que música clássica, arte barroca, etc, são coisas de elite e que devemos promover a cultura de música e arte sem sentido e, muitas vezes, deplorável moralmente.
9 - Criar a autoculpabilidade.
Fazer as pessoas acreditarem que são culpadas por uma série de situações sociais das quais não tem nenhum culpa ou controle. Por exemplo: fazer as pessoas acreditarem que a situação em que criminosos, negros, mulheres e outros tipos de minorias se encontram por sofrerem algum tipo de violência física, psicológica ou injustiça social, a culpa é inteiramente sua, por alguma condição específica que possua, seja por ser branco, ou ter nascido em classe média, ou simplesmente existir.
10 - Conhecer os indivíduos melhor do que eles mesmos se conhecem.
O sistema conseguiu conhecer melhor o indivíduo comum do que ele a si mesmo. Isso significa que, na maioria dos casos, o sistema exerce um controle maior e um grande poder sobre os indivíduos, maior do que o dos indivíduos sobre si mesmos. Por exemplo: se os indivíduos precisam de pão, dê programas assistenciais a eles. Se os indivíduos precisam de circo, invente vale teatro, vale cinema, etc.
submitted by Carrasco_Santo to brasilivre [link] [comments]


2019.08.05 21:39 guerrilheiro_urbano MIGUEL REALE JUNIOR: BostoNero. Estamos, talvez, diante de um simplório plano de dominação, para o qual se deve estar alerta

03/08/2019 O Estado de S.Paulo

O grande desafio político consistiu, a partir do último quartel do século 20, na superação das fragilidades da democracia representativa numa sociedade de massas inertes e manipuláveis, na qual a relação entre a sociedade civil e a política fica limitada ao processo eleitoral.
A crise da democracia representativa cresceu vertiginosamente com o compartilhamento em rede: pessoas que se juntam em torno de preconceitos e subjetividades, um rol imenso de desconhecidos que retroalimentam suas idiossincrasias, seus ressentimentos e crenças inabaláveis.
Mas há outro lado, o das forças atuantes da sociedade civil. Profissionais e voluntários vêm a constituir polos de produção de opiniões e sugestões, fruto da experiência e do estudo. São muitas manifestações (espontâneas ou programadas) por associações, órgãos de classe, organizações não governamentais, voltadas para influir no processo decisório, trazendo valiosa contribuição, própria de um consistente pluralismo social.
Reconhecendo-se a valia desse pluralismo, criaram-se ao longo do tempo muitos órgãos de cunho consultivo para assessorar a administração pública. Houve, sem dúvida, exageros, com focos de mera reivindicação leviana ou assembleísmo; certo é, porém, que a participação da sociedade oxigena, instrui e amplia a ação estatal, em suma, democratiza.
De fato, para a legitimidade da democracia de massas num mundo em rede é essencial a atuação e a presença efetiva da sociedade, fazendo mais pessoas participarem, racionalmente, da criação do destino coletivo.
Pois Bolsonaro fez exatamente o contrário no primeiro dia de governo, afirmando que governaria em ligação direta com o povo, sem nem mesmo partidos políticos, num neopopulismo virtual. Ilegalmente decretou o fim dos conselhos. Semana passada, suprimiu a participação de médicos no Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas (Conad).
Fui, em 1988, presidente do Conselho Federal de Entorpecentes (Confen), antecessor do Conad, então órgão do Ministério da Justiça, com um quadro de médicos estupendo: Elisaldo Carlini, autoridade mundial em pesquisas de drogas, lente emérito da Unifesp; Miguel Roberto Jorge, professor associado de Psiquiatria da Unifesp, foi eleito presidente da Associação Médica Mundial; Sérgio de Paula Ramos, presidente da Associação Brasileira de Álcool e outras Drogas (Abead). Essa valiosa participação permitiu trabalho inovador na área de prevenção, em convênio com a ONU.
O desprezo de Bolsonaro pela inteligência manifesta-se no ataque ao Inpe, acusado de "estar a serviço de alguma ONG", sendo seu presidente Ricardo Galvão, professor titular da USP, merecedor de prêmio do Centro Internacional de Física Teórica de Trieste, na Itália. A desfeita ao Inpe coincide com a outorga pela Organização Meteorológica Mundial (WMO), das Nações Unidas, de seu mais importante prêmio ao instituto, na pessoa do cientista Divino Moura.
Em sua trajetória de exterminador cultural, Bolsonaro entende ser de sua competência definir roteiros a serem patrocinados pela Ancine, no mesmo instante em que o cinema brasileiro, com as fitas Bacurau e Vida Invisível de Eurídice Gusmão, ganhou prêmios no Festival de Cannes.
Sob a orientação do ministro da Economia, Bolsonaro propôs emenda constitucional visando, na prática, à eliminação dos órgãos de classe: "artigo 174 - A lei não estabelecerá limites ao exercício de atividades profissional ou obrigação de inscrição em conselho profissional sem que a ausência de regulação caracterize risco de dano concreto à vida, à saúde, à segurança ou à ordem social".
Assim, para advogar não será mais necessário estar inscrito na OAB e esta, se perdurar, não poderá exigir dos milhares de bacharéis que se formam a cada ano prova mínima de suficiência para o exercício da profissão. Os profissionais em geral não estarão sujeitos a regras uniformes de ética, seja o médico, o economista, o contador. Com isto se banalizam as profissões, das quais se retira a respeitabilidade, num desfazimento do tecido de credibilidade da parcela pensante e crítica de nossa sociedade.
Seria anacronismo fazer paralelo entre Nero, imperador romano entre 54 e 68 de nossa era, e o Bolsonaro de hoje, mesmo porque Nero mostrou virtudes no início seu reinado graças a Sêneca, seu sábio preceptor, para quem cabia viver em harmonia com a natureza, com retidão compassada pela razão à espera serena da morte.
Mas há três dados que em Bolsonaro lembram a figura de Nero: o fascínio pela popularidade, com desprezo pelas classes médias e pelo Senado; o intenso envolvimento nas intrigas familiares; e o possível incêndio de Roma para refazê-la a seu feitio.
Discutem os cronistas se efetivamente Nero teria mandado pôr fogo em Roma (Croiselle, Néro n a-t-il Brulê Rome?, Histoire, n.º 234 - jul/agosto de 1999, pág. 26). Suetônio e Plínio, o Velho, afirmavam categoricamente, porém outros, como Tácito, tinham dúvidas. Todavia passou para a História ter Nero, alucinado, incendiado Roma.
Entre Nero e Bolsonaro remanesce a coincidência do vezo autoritário no exercício do poder com a volúpia por popularidade, que se casa com o desejo de reconstruir Roma a seu modo. Hoje Bolsonaro atua para tornar terra arrasada a democracia participativa, essencial ao nosso mundo plural, pretendendo impor modos de ser em face de múltiplos aspectos da vida como direito fruto da eleição. Incentiva antagonismos com o passado para perenizar o confronto e ditar comportamentos, com descaso pelo que não coincida com sua rasa compreensão e baixa sensibilidade, como a revelada ao falar sobre o desaparecido político pai do presidente da OAB.
Estabelece-se o fascismo cultural, por via do qual é proibido pensar, mas permitido obedecer. Estamos, talvez, diante de um simplório plano de dominação, para o qual se deve estar bastante alerta.
submitted by guerrilheiro_urbano to BrasildoB [link] [comments]


2019.04.11 22:30 Multi-Skin Resumo curto pra quem não conhece Olavo de Carvalho

EDIT: COLOQUEI OS LINKS DAS CITAÇÕES NO FINAL DO POST
Resumo de como um louco conseguiu fama:
Olavo se apresenta como ‘filósofo conservador’, mas fez carreira como polemista. Militou contra a ditadura nos anos 60. Trabalhou como astrólogo na década de 70, flertou com o misticismo nos anos 80 e ganhou algum espaço como articulista em jornais e revistas brasileiros entre os anos 90 e o começo dos anos 2000 através de artigos que mais tarde (2013) seriam compilados em um livro chamado "Tudo que você precisa saber para não ser idiota". Nesse meio tempo, se reaproximou da linha-dura da igreja católica e hoje considera a ditadura “genial”.
A notoriedade veio mesmo em meados de 2005, graças às ‘aulas’ que dava para pequenas turmas via internet – dessas fileiras brotaram vários assessores, blogueiros e agitadores ligados a extrema direita agressiva. O conteúdo vai de filosofia a esoterismo, literatura, história e religião comparada.Na mesma época perdeu o cargo de jornalista do jornal O Globo por conta de tantas opiniões controversas, indignado foi pros EUA, onde mora até hoje.Em 2015 obteve muitos seguidores após Nando Moura, outro polemista que trata-o como fonte de todo conhecimento.
A pouco tempo Bolsonaro reacendeu a ligação dos militares e políticos de direita com Olavo após citá-lo como leitura recomendada ao público geral.

Pérolas principais:
Aquecimento global é mentira.Acredita que o governo de extrema direita é essencial para lutar contra a ditadura comunista e gayzista global.
Diz que diplomas não valem nada para justificar sua falta de formação acadêmica.

**Pérola recente:**Diz que cada filho do Bolsonaro deveria ter um ministério próprio.

Citações divinas:
“…não é de se admirar que hoje a Teoria da Relatividade é apenas uma empulhação elegante…” – Olavo de Carvalho, o físico

“Isaac Newton não apenas disseminou o ateísmo na sociedade ocidental mas também uma burrice formidável.” – Olavo de Carvalho, o físico

“Não sei se as vacinas funcionam ou não, mas quem cuidará da saúde dos meus filhos não é a medicina estatal mas sim Nosso Senhor Jesus Cristo.” – Olavo de Carvalho, o infectologista

“Cantor era uma besta, não sabia distinguir números de nome de números.” – Olavo de Carvalho, o matemático

“O General Geisel era comunista. Mandou prender todos os comunistas porque gostaria de ser o único comunista do Brasil.” – Olavo de Carvalho, o historiador do Brasil

“Einstein e Planck já desmentiram a dualidade cartesiana por completo. Nada é tão arqui-provado como as experiências de quase-morte.” – Olavo de Carvalho, o físico quântico

“A Teoria da Evolução está completamente desmoralizada. Darwin era de uma família de ocultistas e o livro do médico indiano comprova que esta teoria é totalmente furada.” – Olavo de Carvalho, o biólogo

“Quem quer que nunca tenha estudado a Astrologia em algum momento da vida é um idiota.” – Olavo de Carvalho, o astrólogo

“As reservas de petróleo que foram encontradas apenas no Colorado são 20 vezes maior do que da Arábia Saudita, eu li isto no boletim da USGS.” – Olavo de Carvalho, o geólogo

“É mentira que nunca foram encontradas armas de destruição em massa no Iraque, o fato de não informarem não significa que não as encontraram.” – Olavo de Carvalho, o estrategista político

“Essas religiões afro atraem a desgraça, veja o Haiti, a África.” – Olavo de Carvalho, o geólogo

“Milagres acontecem todos os dias mas são ocultados pela mídia. Na Malásia, uma menina cujo crânio estava rachado, teve seu crânio colado na frente de milhares de pessoas.” – Olavo de Carvalho, o perito Papal

“Na Ditadura Militar haviam eleições democráticas e não havia censura. Existe muito mais censura hoje do que no tempo da Ditadura Militar.” – Olavo de Carvalho, o jornalista

“Cigarro não faz mal, isto tudo é uma empulhação da Indústria Farmacêutica que vendem remédios que matam a população. Cigarro faz bem para a atividade cerebral e diminui o colesterol, quantas pessoas com Alzemheier fumantes você já viu.” – Olavo de Carvalho, o Médico

“George Bush é vendido para o CFR que é vendido para os grandes atores da nova Ordem Mundial que visam implantar o socialismo em escala global.” – Olavo de Carvalho, o analista político

“O método científico é o pior método para se descobrir qualquer coisa, a humanidade está bestificada pela Ciência, como os Santos percebiam a existência de Deus sem a Ciência? Eu sinto também os desígnios divinos pelo instinto e não pela ciência.” – Olavo de Carvalho, o especialista em direito canônico, informando que Deus conversa diretamente com ele e que os cientistas são burros.

“Nossa Senhora já explicou que luzes apareceriam no céu e isto seria um sinal de que deve ser feito o Rosário pela Consagração da Rússia ao catolicismo.” – Olavo de Carvalho, o católico

“A Santa Inquisição reduziu as torturas, coisa que ninguém tinha coragem de fazer, ademais era um Tribunal Democrático que não condenava ateus.” – Olavo de Carvalho, o historiador

“Os negros escravizaram os brancos durante séculos.” – Olavo de Carvalho, o historiador

“As Cruzadas foram uma reação tardia à opressão católica.” – Olavo de Carvalho, o historiador medieval

“A mera pretensão de que a consciência é causada pelo cérebro deve ser rejeitada como uma simples estupidez, uma lenda, crendice.” – Olavo de Carvalho, o neurocientista

“Veja você, a Pepsi-cola usa fetos abortados como adoçante.” – Olavo de Carvalho, o químico industrial
LINKS: Newton estava errado Baita opinião sobre vacinação Coletânea imensa de pérolas Coletânea em vídeo 1
Coletânea em vídeo 2
Nota:
Editar no mobile é um inferno e o jhacksondiego ameaçou me matar se eu não colocasse umas fontes nesse post.
EDIT:
O u/halleynews comentou um vídeo perfeito sobre as táticas que o Olavo usa pra conseguir usar as invenções mentais dele como "fatos", é um ótimo vídeo pra quem leu todo o post e quer ter noção do papo atual dele.https://www.youtube.com/watch?v=6kX8C5qy5Us
submitted by Multi-Skin to brasil [link] [comments]


Lei 8.069/90 (ECA) Aula 1/8 - Introdução e Conceitos ... Game of Thrones TV BR - YouTube Shanaya Atelier - YouTube 49 Raios cósmicos divinos - Sete Raios Solares-Saint Germain - TV Mundi e Sol TV BAÚ TESOURO DA MAMÃE PASSO A PASSO - TURMA DO CHAVES Defensa psíquica

OS 72 NOMES DIVINOS DE UM DEUS VIVENTE E REVELADOR ...

  1. Lei 8.069/90 (ECA) Aula 1/8 - Introdução e Conceitos ...
  2. Game of Thrones TV BR - YouTube
  3. Shanaya Atelier - YouTube
  4. 49 Raios cósmicos divinos - Sete Raios Solares-Saint Germain - TV Mundi e Sol TV
  5. BAÚ TESOURO DA MAMÃE PASSO A PASSO - TURMA DO CHAVES
  6. Defensa psíquica
  7. Não vos afadigueis pela posse do ouro - Evangelho na Rede com Carla Fabres
  8. Marcello Cotrim - YouTube
  9. Gióia Júnior - Poema dos Pés de Cristo
  10. ELETROPIMENTEL ELETRICISTA - YouTube

Que os fluídos divinos nos proporcionem imunidade e saúde, coragem e força nos trabalhos do bem, transformando nossa alma para vivermos em harmonia com tudo e com todos. Cursos completos de qualidade com o Professor Dalmo Azevedo para sua melhor preparação para concursos públicos em geral. Lei 8.069/90 (ECA) Aula 1/8 - Introd... Esse é o canal Ler Antes de Morrer, criado pela Isabella Lubrano, jornalista formada pela USP e pela Cásper Líbero. A meta é ler e resenhar 1001 livros. Mais uma sugestão de personalizado rápida e fácil que fiz pro aniversário do Lucas. Se gostou, deixa seu like e seu email nos comentários pra receber o molde. Beijos. Marcello Cotrim atua há mais de 25 anos como radialista, palestrante, terapeuta e espiritualista promovendo ampla assistência psicológica e espiritual em sua... Evangelho na Rede com Carla Fabres CAPÍTULO XXV – BUSCAI E ACHAREIS Não vos afadigueis pela posse do ouro: itens 9 a 11. transmitido ao vivo em 13/09/2017 * Inscreva-se em nosso canal http ... 49 Raios cósmicos divinos - Sete Raios Solares-Saint Germain Editora Sétimo Raio Adquira através do site: www.setimoraio.com.br Apoio TV Mundi e Sol TV. La defensa psíquica es algo muy importante para combatir las energías negativas, obsesores y los ataques espirituales, puede ser hecho por cualquier persona .El médium por ser más sensible a ... Artigos Play all. 5:04. Tyrion Targaryen: Seria o anão o terceiro Dragão? - Duration: 5 minutes, 4 seconds. ... Dividida em sete livros para os sete aspectos divinos, 1 a justiça do Pai, 2 a ... Poema dos Pés de Cristo Eram uns pés pequeninos róseos,alegres,divinos a saltitar de alegria...Aqueles pés de criança que no dia da esperança brincava na est...